0

Reportagem sobre a terceirização da saúde, Líder FM

Posted by Willian Scaliante on 22:13 in ,



Links para esta postagem |
0

Servidores, população e vereadores se posicionam contra terceirazação

Posted by Willian Scaliante on 15:05 in
Na sessão de ontem, 14, da Camara de Vereadores de Colider, que estava lotada, a população, servidores da saúde e os vereadores se posicionaram contra a terceirização dos serviços de saúde que inclui o Hopital Regional. O médico e diretor do hospital, Marcelo Sanson, fez uma explanação sobre os ricos que a população corre com a terceirização.
Sanson explicou que nos últimos cinco anos o atendimento no hospital melhorou muito. Para se ter uma idéia em 2006 se faziam apenas seis consultas especializadas, hoje são 16. O número de exames realizados a cinco anos atraz chega a casa dos 27 mil, agora são em média 115 mil por ano.
De acordo com o médico caso seja terceirizado vários médicos especialistas, inclusive ele, deixaram a cidade. O motivo é que eles sabem o que é uma OS (Organização Social) e criticou esse modelo que é usado em São Paulo e Rio de Janeiro. "A população perde as UTIs que vão embora, os serviços especializados. E se as OS visam lucro, a saúde têm custos. Pelo que me consta o secretário acha que a saúde têm que dá lucro, isso não é verdade. Mais uma vez o secretário diz uma inverdade quando fala que em São Paulo e no Rio as OS estão cumprindo seu papel. Aquela menina que em vez de receber soro, tomou vaselina e faleceu é exemplo das más gestões das OS", afirmou o médico que diz já ter trabalhando em hospitais terceirizados e gerenciados por OS.
Os vereadores ficaram comovidos com a explanação do médico e declararam apoio aos servidores se comprometendo conversar com deputados e o representantes do governo estadual. Uma declaração do ex-vereador de Colider, José de Freitas, gravada em vídeo foi exibida na sessão. José de Freitas defendeu o trabalho do hospital e dos médicos de lá, que de acordo com ele, salvaram sua vida.
O delegado de polícia, dr. Sérgio Ribeiro de Araújo, compareceu a sessão e também fez uma fala contra a terceirização. De acordo com ele o projeto é inconstitucional. "A prestação de saúde só pode ser complementada pelos serviços da OS, o serviço de saúde não pode ser terceirizado, é inconstitucional".
Tanto o delegado quanto o médico Marcelo Sanson, fizeram críticas ao secretário de saúde."Um político envolvido em escândalos na saúde não pode ser um político indicado pra pasta de gerir a saúde no estado", declarou o delegado referindo-se a Pedro Henry quando era deputado federal e foi cassado por se envolver no esquema da máfia das sangue sugas.

Sanson não sabe ao certo quais interesses rondam esse projeto. "Os interesses do atual governo e do secretário são muito nebulosos. Não define quem vai gerir essa OS. Os servidores estão se sentindo traídos, não sabem o que verdadeiramente o governo está planejando", desabafou o médico.
Sanson disse ainda que cortes no número de funcionários devem acontecer assim que o serviço for terceirizado.


Links para esta postagem |

Copyright © 2009 Acorda All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.