0

Nota da UBES sobre massacre em Realengo

Posted by Willian Scaliante on 10:12 in ,
Um rapaz de 24 anos entrou na manhã desta quinta-feira na escola municipal Tasso da Silveira, em Realengo (zona oeste do Rio), e disparou diversos tiros contra os alunos. Dez meninas e um menino morreram. O atirador, baleado pela polícia, cometeu suicídio em seguida.
Esse ato violento foi cometido contra ESTUDANTES SECUNDARISTAS indefesos que não imaginaram que em sua escola poderiam sofrer tal tipo de ação. Agora se fala em colocar detectores de metal nas escolas e policia na porta para revistar os estudantes na entrada, isso realmente é necessário?
A população precisa buscar novamente os valores que tem se perdido com o tempo, como a valorização da vida e porque não falarmos do desarmamento? O incidente que aconteceu hoje teria o mesmo efeito se o acesso a armas fosse restrito?
É importante esse momento para refletirmos qual o papel da escola diante desses fatos, a violência se faz presente em todos os lugares e precisamos ter um olhar especial aos jovens que sofrem de inúmeras maneiras com isso.
A violência é um problema social que está presente nas ações dentro das escolas, se manifesta de diversas formas entre todos os envolvidos no processo educativo. Isso não deveria acontecer, pois escola é lugar de formação da ética da moral e de politização, sejam eles alunos, professores ou demais funcionários.
Muito se diz sobre o combate à violência, porém, levando ao pé da letra, combater significa guerrear, bombardear, batalhar, o que não traz um conceito correto se combatê-la. As próprias instituições públicas utilizam desse conceito errôneo, princípio que deve ser o motivador para a falta de engajamento dessas ações.
Levar esse tema para a sala de aula desde as séries iniciais é uma forma de trabalhar com um tema controverso e presente em nossas vidas, tendo oportunidades momentos de reflexão que auxiliarão na transformação social.
A UBES repudia qualquer tipo de violência principalmente quando envolvem nossos estudantes, reafirmamos a defesa de uma escola melhor que plante o conceito de solidariedade e de convivo sem violência.

|

Copyright © 2009 Acorda All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.